28 de jul de 2010

"hoje eu não to afim
de corre corre, confusão
eu quero passar a tarde
estourando plástico bolha..."
Karina Buhr

Há dias ensaio passar por aqui. E a lembrança do Francisco me estimulou a não mais postergar.
A verdade é que os últimos dias têm sido de uma relação intrínseca entre meu projeto de doutorado e eu. E isso envolve, mais do que estudar, entrar em contato com um bocado de coisas. O intervalo de três anos sem estudar. A distância de pessoas com as quais quis e precisei retomar o contato. Minhas muitas insatisfações em relação ao meu mestrado, o contato com uma possível orientadora. E claro. Estudar e escrever algo.
De modos que nada tem me ocupado tanto o tempo e a cabeça como esse projeto. Mas claro, as outras coisas todas existem. Tem a campanha eleitoral, que às vezes me deprime. Tanta bobagem sendo dita. Tem o Mano Menezes que saiu do timão, e agora, josé?. O fato de que, para estudar, não peguei nenhum trabalho esse mês, nem pegarei no próximo, apesar de que a gente precisa de dinheiro nessa vida.
E no meio de tudo, tem meu aniversário, no próximo domingo. Deu tempo de pensar em algo bacana, reservar uma pousada nas montanhas. Na sexta vamos para Gonçalves, marido e eu. Para viver o que há de melhor tem , que conforta, alegra e faz com que qualquer preocupação ou dificuldade seja menor, seja suportável.

Nenhum comentário: