22 de mar de 2010

Dos absurdos que o machismo produz. O taxista me diz, hoje, que a mãe da menina Isabe*lla é culpada por ter deixado a filha passar o fim de semana na casa da madrasta. Por isso o assassinato aconteceu. Eu, quase vomitando com o comentário, retruco: a mãe deixou a filha na casa do pai. Muito provavelmente por decisão judicial. E ele diz que não interessa: ela, a mãe, deveria estar atenta à filha. E madastra é tudo assim, no começo diz que gosta da criança, depois maltrata. E o pai, enfeitiçado pela mulher, entra na onda dela e... Só faltou dizer que o pai da garota é um coitado. Pode? Se o trajeto não fosse tão pequeno eu teria pulado do táxi no meio da chuva, de nojo.


21 de mar de 2010

No fim de semana:

Minha sobrinha de 4 anos brincando na cozinha da casa da minha mãe, cai uma bolinha embaixo do armário e ela entra lá para pegar. Sai com bolinha em punho e diz:
- Vó, entrei embaixo do armário para pegar a bolinha e quase não consigo sair.
Minha mãe, ocupada fazendo bolo, responde no automático:
- Que bom, filhinha...
E ela esbraveja:
- Que bom??? Você acha bom eu ficar entalada embaixo do armário???


E... Namorado, arrumando o escritório, eu sentada na cama, não muito perto dele. Eu digo:
- Amor, você é tão cheiroso.
Ao que ele retruca:
- Você tá sentindo daí??? Porque se for assim, eu tou é fedendo!

HAHAHAHA.

19 de mar de 2010

Por aqui, malas, grandes e pequenas. Nada de caixa ainda, porque terei mais de um mês para entregar definitivamente o apartamento.
Nessa semana fui me despedindo do apartamento aos poucos, e me acostumando com a idéia de morar aqui, dividindo o espaço, tudo meu e tudo dele, na casa e em mim. Devo dizer que estou bem feliz.
Bem feliz mesmo, sentindo que coroamos um processo para começar outro, e inevitavelmente me vem a cabeça nossa história até aqui. Mas ao mesmo tempo, corta e me vem um flash-foward (parodiando Lost) de todas as coisas que virão, e de manhã falávamos de seguro saúde e parto, e as coisas todas vão se enchendo de tantas possibilidades bonitas. Os dias têm sorrido para mim.

12 de mar de 2010

"nosso amor foi chegando de mansinho
se espalhou devagarinho
foi ficando até ficar
"

Hoje eu tomei meu último banho no apartamento da Bela Vista e me mudei para a casa do namorado, que agora é também a minha casa.
Lá ficaram, além de coisas minhas que traremos aos poucos, um tempo ótimo, num apartamento claro, num bairro gostoso. Por aqui começamos, com pizza e Pro seco, nossa vida morando junto. Porque, como A. diz, nem tudo acaba em pizza, algumas coisas começam com pizza :P.
Ligamos para nossa madrinha, que estava conosco em Búzi há três anos átras. E sem correr, bem devagar, vamos fazendo as coisas do nosso jeito, e é gostoso assim. Estou feliz.

9 de mar de 2010

Saindo de casa para as lonjuras da USP. Quando eu morava com meus pais era tão pertinho, agora é um tormento. Acho, inclusive, que já estou atrasada.
E assim o ano começa, no que diz respeito aos projetos para 2010. Um deles eu sempre me debato, vamos capenga. Assim caminha a humanidade?