26 de ago de 2009

A coisa mais bacana que tenho feito ultimamente são minhas experimentações culinárias. Pão já virou cotidiano, acho que nunca mais comprarei pão integral seco e sem graça no mercado. Já pão francês, comprarei para sempre, porque nada se compara, né?
E o legal, no meio dessas experimentações, é descobrir meu paladar. Descobri, por exemplo, que gosto do que tenho chamado de "salada quente". Que nada mais é do que legumes salteados no azeite e temperos, crus - claro, aqueles que podem ser comidos crus. Hoje mesmo fiz salada quente de vargem e rabanete, o segundo cortado bem fininho, e salteado com azeite, tomilho e sementes de coentro.
Semente de coentro é outra descoberta maravilhosa. Fica simplesmente delicioso em saladas, coisa da qual nunca fui muito fã. Eis que recentemente descobri que não era fã porque ficava no registro verdura + sal + azeite, quando lembrava, limão. Mas veja. As sementes de coentro fazem toda a diferença. E além disso, umas frutas cortadinhas, ervas finas, o próprio tomilho. E você tem outra salada, completamente diferente daquela que eu era obrigada a comer na infância. Vivendo e aprendendo, já diria o ditado.

Nenhum comentário: