6 de mai de 2009

Algumas coisas são realmente revolucionárias na vida de uma mulher. Absorvente interno é uma delas. Porque hoje eu estava com cólica e com uma dor de cabeça daquelas. E queria muito nadar, porque a água é tiro e queda pra melhorar essas coisinhas chatas que nos atinge. Acontece que, fosse antigamente, quem disse que eu poderia, não? E no entanto, nadei, e sumiu cólica, dor de cabeça e etc. e tals.
E agora estou aqui assistindo o Timão se classificar na Copa do Brasil. E se eu sempre gostei do Ronaldo, cês fazem idéia do quanto tô gostando mais, não? Eu e a torcida do Corinthians, literalmente.
Assistindo jogo e tentando falar na Telefônica. E se todo mundo odeia a Telefônica, há razão, é claro. A maledita nunca dá uma dentro, é incrível. Há duas semanas o speedy está uma droga, caindo toda hora. Não bastasse isso, os fdp me mandam uma conta errada - me cobrando a mais, é claro. Aí eu ligo, espero, explico o "pobrema" para dois atendentes, um pior que o outro, e, adivinha? O sistema está instável, isso e aquilo. Pedem para eu ligar depois de meia-noite e meia. Eu mereço. Vamos ver, vou direto à ANATEL. Quem sabe ela me salva.
E por falar em ANATEL, lembrei da ANS e do encontro que marquei com um corretor de seguro-saúde, amanhã. É que eu preciso, mesmo, pagar um. Mas nossa, como eu resisto. Porque acho muito caro. Muito. E é aquilo, né? Lá vou eu pagar pra sempre um seguro, que é cada vez mais caro, my god. Queria usar o SUS, um SUS de qualidade, ué. Difícil, né? Lá vou eu, pagar seguro saúde.

Nenhum comentário: