15 de jan de 2009


Voltar das férias é das coisas mais cruéis, meus deuses, eu só penso no mar de Barra Grande, que o namorado chamava de Ofurô gigante, ou seja, a delícia das delícias, água calminha calminha, azul, ô delícia. Até me fez entrar no mar à noite, coisa que eu nunca que tinha feito na vida. Já tou com saudade de lá, daquele mar azul delícia.
E além de não ter Ofurô gigante por aqui, tem uma série de obrigações. A coisa toda de me preparar pro doutorado, que vou prestar em setembro. Que inclui escrever o artigo da minha dissertação, coisa que não fiz até hoje. E estudar inglês, ai meu saquinho. Antes disso, tenho que tirar minha carteira de habilitação. Tenho que muitas coisas. Mas lembro que gostei de estudar pro mestrado, quem sabe estudar pro doutorado não me anima também.
Tava aqui ouvindo Bojan Z quartet, música que o namorado botou aqui no meu Itunes, e eu tinha gostado, daquelas coisas que a gente gosta, mas nada demais. E hoje ouvi e gostei muito. Como se tivesse descoberto. Como se não, descobri. Adoro mesmo isso, de descobrir músicas que passo a gostar muito.
Outra coisa que ando gostando muito é o CD Delicada, da Teresa Cristina. Coisa fina, viu? Vale a pena.
Agora Billie Holiday, um bocadinho só antes de dormir.

Nenhum comentário: