13 de nov de 2008

"na volta, num duty free
comprei um bom bumerangue"
Itamar Assumpção

Voltei. Faz quase uma semana já. Mas ainda chegando.
A viagem de volta foi muito, mas muito cansativa. A ineficiência nos aeroportos moçambicanos é coisa de dar nos nervos da pessoa. E as dez horas no avião de Joanesburgo a São Paulo, durante o dia, é coisa de matar. Dias de dor no ombro como consequência. Mas. Chegar em Cumbica e encontrar o namorado esperando no desembarque: não tem preço.
Aí voltamos à vidinha, afazeres domésticos que não tem fim, lavar toda a roupa da viagem porque resolvi trazer sete máscaras que sujaram as roupas todas. Isso mesmo, sete. E a saga pra fazer caber tudo na mala, nem vou contar.
Então é isso. No mais, ando ouvindo "Pretobrás", do Itamar Assumpção repetidamente, e adorando muito. Acho tudo tão bacana, que me dá vontade de ter conhecido, tomado uma cerveja junto. Fico pensando na falta que ele faz pras pessoas que tiveram o prazer do convívio com pessoa tão especial. Que bom que ele existiu.

Nenhum comentário: