24 de out de 2008


"Andei pra chegar mais longe
E de lá de longe, me ver feliz

Andei pra valer a pena
Olhei pra trás, pro que é meu
Nosso passado me acena
Pelo que foi, já valeu"
Lenine

Um pouco mais sobre estar em Beira. Ontem desci para jantar, os garçons todos vieram falar comigo. Felizes em me rever. Lembrei do dia que fui embora. Tendo "morado" no hotel, criamos laços com os garçons, com as arrumadeiras. Foi triste imaginar que nunca mais nos veríamos. Mas enfim, voltei. Muito bom rever essas pessoas.
O dia em que fui embora foi difícil. Eu queria muito voltar para casa. Estava hospedada num quarto de hotel minúsculo, sem luz no teto, como já disse. Não suportava mais a comida. Estava me curando de uma crise fortíssima de cistite. Sentia falta de casa sim.
Mas ao mesmo tempo tinha vivido uma experiência muito intensa aqui. Nesta cidade, neste hotel, em dois quartos deste hotel - quando digo quarto falo do que vocês devem estar pensando, claro, mas não apenas. Falo do início de uma relação de maneira geral, que aconteceu nesta cidade, neste hotel, nestes dois quartos principalmente. E eu estava indo embora, mas A. não, ainda ficaria um tempo até voltar ao Brasil. Minha gente, como foi difícil deixar essa cidade, naquele final de abril de 2007. Mas hoje olho para trás, como na música do Lenine, vejo o que a gente fez para chegar aqui, no que a gente faz.

*a foto é de um lugar pertinho aqui do hotel, no caminho para o porto. foi onde saí pra passear com A. uma vez, num domingo, nós dois sozinhos. de minha parte, já o estava paquerando, ele até hoje não acredita. que neste momento ainda estava eu muito contida... hohoho

Nenhum comentário: